quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Armazém Paraíba apresenta belíssima coleção Plus Size

O Armazém Paraíba da Avenida Presidente Vargas dispõe de uma imensa variedade de confecções Pluz Size para as clientes mais exigentes, que buscam elegância e qualidade. São diversas peças exclusivas como blusas, saias, vestidos, macaquinho e macacão, das marcas Eagl Rock, Valentina, Heli, Lisamour, Griss, Malvee e Cativa, além das marcas próprias do Paraíba como, Emepê e Vizzual.
Assista ao vídeo:

Suas compras podem ser parceladas em 10 vezes no Cartão Paraíba ou nos demais cartões. Corra e fique bem vestida com a coleção Plus Size do Armazém Paraíba.



Modelo: Thayane Carvalho


PL que concede doação de terreno para famílias carentes aguardará 2° votação para ser aprovado


Em meio a debates calorosos, foi levado para votação na sessão ordinária desta terça-feira (12), o Projeto de Lei (PL) de Nº 4.535/2019, de autoria do Poder Executivo, que trata da cessão de uso e posterior doação de lotes de terreno do patrimônio do município, para edificação de habitação residencial para famílias em situação de vulnerabilidade social, ou seja, para pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza. O Projeto precisava de 12 votos para ser aprovado. No entanto, nesta primeira sessão, a matéria obteve 10 votos favoráveis contra cinco desfavoráveis, sendo rejeitada neste primeiro momento. Agora a mesma retornará para uma segunda sessão que deve ocorrer ainda este mês ou em dezembro.

O terreno em questão está situada no Bairro Reis Veloso em uma 5.000 m² que havia sido repassada na gestão do então prefeito Florentino Neto (PT), para a construção de um sindicato dos servidores da Universidade Federal do Piauí (Ufpi) – campus de Parnaíba. Entretanto, como o local nunca foi usado pela universidade, voltou para o município. De acordo com o Poder Executivo, a doação do terreno visa conceder moradia a 30 famílias selecionadas e cadastradas pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc).
O vereador e líder do Governo Mão Santa na Câmara, Carlson Pessoa (Cidadania), acredita que a proposta conseguirá ser aprovada. “Este é o anseio destas 30 famílias que foram criteriosamente selecionadas pela Sedesc e esperamos que na próxima vez que a matéria vier para a Casa, seja aprovada para dar dignidade a estes parnaibanos”, ponderou.

PUBLICIDADE

Antes da votação, em atendimento a um requerimento da vereadora Neta Castelo Branco (DEM), o técnico do município com conhecimento da matéria, Sérgio Inácio, teceu informações detalhadas acerca do PL e esclareceu questionamentos dos parlamentares. A votação foi marcada por momentos tensos em Plenário, com participação ativa da população que lotou as dependências da Câmara. Enquanto os vereadores de situação defendiam a aprovação do PL afirmando que o mesmo visa beneficiar famílias carentes, dando oportunidade de moradia e dignidade aos beneficiários, os parlamentares de oposição ao Governo Mão Santa alegavam inconstitucionalidade e irregularidades na matéria e na seleção dos beneficiários.

Veja como ficou a primeira votação
Parlamentares que votaram a favor: Carlson Pessoa (Cidadania), Neta Castelo Branco (DEM), André Neves (PDT), Daniel Jackson (PTC), Diniz (PSDC), Bernardo Lima (PP), Francisco da Paz (PRB), Irmão Marquinhos (PSL), Joãozinho do Trânsito (PSL) e Joãozinho da Unimagem (PSDC).

Parlamentares que votaram contra: Reinaldinho (PTB), Daniel Miranda (PRB), Ricardo Veras (PSD), Fátima Carmino (), e Beto (PP).

Ausente: Ronaldo Prado (PPL). Vereador encontra-se em Teresina acompanhando a esposa em tratamento de saúde

Aprovação de Emenda Aditiva ao Projeto de Lei
Ainda na mesma votação foi aprovada a Emenda Aditiva ao referido Projeto de Lei para a criação de reserva de cadastro com pelo ou menos 20% do total dos 30 nomes indicados para o benefício dos lotes. A emenda assegura a substituição ou retirada do nome de eventuais contemplados que por ventura desistirem ou apresentarem alguma espécie de inviabilidade no que tange ao direito de obtenção da terra.

Por Luzia Paula, com fotos de Roberto William

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Navio da Marinha e helicóptero monitoram litoral do Piauí em busca de manchas de óleo

Navio Guarujá está sob o comando do capitão Benjamin Dante Lima, da Capitania dos Portos do Piauí.

O navio Guarujá vai monitorar o litoral piauiense em busca de manchas de óleo.

Um navio da Marinha vai iniciar nessa semana, o monitoramento do litoral do Piauí em busca de manchas de óleo. O último registro do material em praias do estado foi encontrado no dia 30 de setembro. O navio Guarujá está sob o comando do capitão Benjamin Dante Lima, da Capitania dos Portos do Piauí.

“O navio vai percorrer o nosso litoral diariamente se aproximando de costas e fazendo determinadas manobras para tentar observar a presença de óleo”, afirma o comandante.


Caso sejam avistadas manchas no mar, o comandante disse que várias forças serão acionadas para impedir que o material chegue às praias.

“Isso já seria um alarme antecipado, caso se constate a presença de óleo. Isso é importante para que a gente possa, por exemplo, convocar o Exército, Corpo de Bombeiros e convocar nosso destacamento de fuzileiros navais, caso seja encontrado óleo. Vamos estar nesse esforço coletivo para tentar mitigar os danos”, afirmou.

O comandante disse ainda que o monitoramento teve início ontem, mas por um helicóptero. “O navio começa essa semana, ontem foi feito o monitoramento aéreo. Uma aeronave da Marinha passou pelo litoral e todas as praias estão limpas”, garantiu.

Das 16 praias do litoral do Piauí, sete já foram atingidas pelas manchas de óleo que estão poluindo a costa da região Nordeste. Os dados são da Marinha. Os últimos registros aconteceram no dia 30 de setembro nas praias de Atalaia, Peito de Moça e Coqueiro - ambas em Luiz Correia - e Pedra do Sal em Parnaíba. O primeiro caso foi registrado no dia 28 de setembro na praia do Arrombado, e no dia seguinte em Cajueiro. Recentemente, o IBAMA disse que encontrou vestígios de óleo na praia do Pontal em Ilha Grande (a 326 km de Teresina).

Por Hérlon Moraes/Cidade Verde
Fotos: Marinha do Brasil

Escolas particulares de Parnaíba devem informar sobre cobrança de material de uso coletivo já incluso na mensalidade

Foi aprovado em primeira votação na sessão ordinária desta segunda-feira (11), o Projeto de Lei (PL) de N° 4.543/2019, de autoria do vereador Carlson Pessoa (Cidadania), que obriga escolas particulares de Parnaíba informarem que o custo dos materiais de uso coletivo já está incluso nas mensalidades do aluno.

Tais informações devem estar claramente expostas por meio de cartazes fixados nas secretarias das instituições de ensino, além de virem descritas nas listas escolares. O parlamentar apresentou o PL embasado na Lei Federal 12.866/2013, que trata do tema e também em uma Lei semelhante recentemente aprovada em Teresina.

“Na maioria das vezes o valor da mensalidade já é exorbitante e no decorrer do ano ainda cobram o material. Dessa forma, os pais terão a opção de comprar ou não, pois o valor já está embutido na mensalidade”, justificou Carlson.

Em caso de descumprimento, a escola estará sujeita a algumas sanções como, advertência num primeiro momento; em caso de autuação, multa no valor de R$ 500,00 a R$ 3 mil reais e reincidindo o fato, multa no valor de R$ 3 mil a R$ 6 mil reais.



Por Luzia Paula

Carlson Pessoa solicita infraestrutura para Bairros Do Carmo e Planalto Montserrat


Mediante reunião na manhã desde domingo (10), com o líder comunitário Edilson Pombal, o vereador Carlson Pessoa (Cidadania), apresentou na sessão ordinária desta segunda-feira (11), o Requerimento de N° 659/2019, solicitando da Prefeitura de Parnaíba uma praça com parquinho infantil e academia popular no bairro Nossa Senhora do Carmo.

O anseio da população é que a benfeitoria seja feita em um grande terreno situado entre as ruas Sergipe e Quentinhas Pires, na altura da rua Amazonas, próximo ao Calçadão Cultural da Beira Rio.

No Requerimento de N° 660/2019, o pedido é direcionado igualmente ao Executivo Municipal para que seja implantado calçamento nas ruas José Lopes da Cruz e Anhanguera, no trecho que compreende o Bairro Planalto Montserrat. As ruas ficam situadas no entorno da Igreja Santa Luzia. E no Requerimento de N° 661/2019, Carlson solicita luminárias novas com lâmpadas de LED para as ruas acima citadas.

Confira os requerimentos:



segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Amigos buscam por familiares de mulher na região de Parnaíba

Ofertas da semana do Armazém Paraíba, a maior loja de departamentos do Brasil




Deputada relata viu situação desumana e caótica do Heda "Pronto Socorro do Hospital de Parnaíba foi o pior vistoriado"


Foram mais de oito horas dentro do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), onde encontramos pacientes nos corredores, outros estão internados em uma cadeira há mais de três dias nas enfermarias. Uma situação desumana, caótica e de total descaso.
O Pronto Socorro do Hospital de Parnaíba foi o pior vistoriado até o momento pela Comissão, além de atrasos salariais, uma dívida superior a R$ 3 milhões e um déficit de custeio de R$ 900 mil por mês. Isso é problema não só da gestão do Hospital, mas também falta uma maior atenção por parte do Governo do Estado, já que esse centro de saúde atende mais de 30 municípios, inclusive de estados vizinhos. Não podemos permitir esse descaso!



Fonte: Facebook deputada estadual Teresa Brito(PV)

Heda, um paciente adoentado que precisa urgentemente de cura


Se o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda) fosse um corpo humano e tivesse adoentado, ele precisaria de boas doses de remédio para curar algumas de suas feridas mais expostas: péssimo atendimento, corredores lotados, lentidão, servidores de mau humor e um despreparo incomum de gestão, que é o culpado por tudo isso.

O problema é que os gestores erram mais que acertam nas doses aplicadas ao hospital parnaibano nos últimos anos. O remédio não tem tido o efeito desejado porque o local é usado, na maioria das vezes, para acomodação de apadrinhados políticos. O foco técnico, com pessoas preparadas e que deveriam dar mais resolutividade e resultados mais consistentes ao hospital, fica em segundo plano, sendo que a prioridade é atender a interesses politiqueiros de quem usou, abusou e ainda usa o local para angariar dividendos eleitorais.

O Heda é motivo de disputa política nos corredores do Karnak, por conta da quantidade de pessoas empregadas com portarias e de terceirização. Os dois nomes que brigam para fazer as indicações são bem conhecidos da população parnaibana. Um, comprovadamente incapaz para administrar até boteco de beira de estrada, está atualmente com o controle do hospital, e os problemas não diminuem; o outro, que mandava lá até pouco tempo, atua dia e noite para reaver o comando do centro de saúde. Enquanto isso, a população padece nos corredores do Heda. A deputada estadual Teresa Brito flagrou essa triste realidade em recente visita ao hospital.

Quem disse que não há cura para o Heda?
O remédio é simples: colocar profissional qualificado e experiente para gerir os rumos do hospital parnaibano. Menos politicagem barata, mais profissionalismo. E não ficar brincando de erra e acerta na direção, como o que se tem visto há anos naquele lugar.

Por Bernardo Silva/Blog do Bsilva

domingo, 10 de novembro de 2019

IBGE: 1,3 milhão de piauienses estão abaixo da linha da pobreza

Nessa parcela estão os habitantes que possuem rendimento a US$ 5,50 por dia, o que equivale a menos de R$ 420 per capita por mês.
1,3 milhões de piauienses estão abaixo da linha da pobreza (Foto: Arquivo/O Dia)
Pela definição do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a definição de pobreza remete a privação do bem-estar da população, a partir da exclusão de uma parcela de indivíduos do acesso a políticas públicas que garantam moradia, educação, alimentação adequada e acesso a oportunidades. No Piauí, mais de 1,3 milhões de pessoas estão incluídos nesse grupo.

Dados divulgados na Síntese de Indicadores Sociais (SIS) do IBGE apontam que 41,9% da população piauiense está abaixo da linha da pobreza. Nessa parcela estão os habitantes que possuem rendimento a US$ 5,50 por dia, o que equivale a menos de R$ 420 per capita por mês. Já as pessoas em situação de extrema pobreza, com renda per capita inferior a R$ 145 mensais, ou U$S 1,9 por dia, é de 462 mil habitantes, correspondente a 14,2% da população.

Em relação a 2014, o relatório mostra um aumento de 80 mil pessoas na linha de corte que diferencia pobres e não pobres, quando 39,9% da população piauiense, ou 1,2 milhões de pessoas, estavam em situação de pobreza. No mesmo ano, 299 mil habitantes recebiam rendimentos inferiores a R$ 145 mensais.

Vale ressaltar que segundo o levantamento, 86,7% das pessoas com menores rendimentos são pretas ou pardas, demonstrando que essa população ainda enfrenta obstáculos para conseguir sair do cenário de vulnerabilidade social historicamente construído, o que pode ser revertido a partir de ações afirmativas.

Teresina
Em Teresina, o índice de pessoas em situação de pobreza é menor, no entanto, ainda alarmante. Em 2018, 29,3% da população estava abaixo da linha da pobreza. Ao todo, são 252 mil pessoas recebendo valores que as vão impedir de participar plenamente em sociedade, o que se traduz, por exemplo, em dificuldades para comprar alimentos, despesas de habitação, transporte, etc. O cenário é ainda pior para 5,3% população teresinense que está abaixo da linha da extrema pobreza, o que equivale a 45 mil habitantes.

Se comparado com o ano de 2014, o número de pessoas abaixo da linha de extrema pobreza aumento mais que sete vezes. Na época, seis mil habitantes se encontram na linha de extrema pobreza, enquanto o total de pessoas com rendimentos de R$ 420 per capita por mês era de 168 mil.

Por: Nathalia Amaral

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

A sujidade da TV Delta e do Centro Administrativo

Calçada da TV Delta, na rua Anhanguera, vive abarrotada de lixo 
Se politicamente gestão municipal e estadual de Parnaíba se digladia, na esfera física de seus prédios, no que tange a limpeza e higiene, se abraçam. Basta um simples passeio pelas áreas externas da TV Delta e do Centro Administrativo (antiga Prefeitura), para constatar tal premissa. 
Calçada do Centro Administrativo, na rua Passajarina 
É estarrecedor ver a sujeira nas calçadas dos prédios, mais especificamente as áreas que abrangem as ruas Passajarina e Anhanguera. A sujidade acumulada dia após dia parece que “nunca se deparou com uma vassoura”. Tal cenário traz consigo, lógico, um odor nada agradável.
Os mais zelosos que circulam pelos referidos locais, seja para resolver algum assunto nas instituições acima citadas, seja para ir ao Mercado da Caramuru, bancos, lotéricas e afins, contemplam tais cenas com um inevitável sentimento de perplexidade.

Cidade limpa, cidade linda. Porém, em todos os seus ambientes, inclusive nos públicos.


Por Luzia Paula

Casé Neves confirma que será candidato a presidente nas eleições do Parnahyba

Casé Neves, pré-candidato a presidente do Parnahyba — Foto: TV Clube
Ao que tudo indica, Casé Neves será candidato a presidente do Parnahyba. O empresário e membro do Conselho Deliberativo do Tubarão reforçou, nesta terça-feira, o desejo de liderar uma chapa na disputa presidencial.

Casé revelou que tem recebido apoio de uma ala de sócios interessados em vê-lo suceder Batista Filho, mas reforçou a necessidade de unir situação e oposição para encontrar uma solução que ajude a equalizar as dívidas do clube. De acordo com o estatuto do Parnahyba, a eleição está prevista para acontecer dia 8 de dezembro.

“Estamos conversando com a oposição para haver um acordo. Tem que prevalecer o bom-senso. Por exemplo, nós temos dinheiro para receber e não recebemos por conta dessa briga, e tudo isso compromete. Estamos conversando com o Helio Alelaf, José Lima... Temos bom relacionamento e estamos conversando. Tenho boa relação com todos”. Declarou Neves.

Empresário, Casé Neves tem antiga ligação com o Parnahyba. Vice-presidente do clube em gestões passadas, o dirigente se reaproximou do Tubarão em 2013, quando se uniu com Batista Filho. Naquela ocasião, o Azulino conquistou o bicampeonato piauiense em pleno ano do centenário.
Miguel Bezerra (presidente do Conselho Deliberativo), Batista Filho (presidente)
e Casé Neves — Foto: Jorge Alves
Com a proximidade do fim do mandato de Batista Filho – acaba dia 31 de dezembro , Casé Neves passou a ser visto como uma alternativa para o cargo.

O empresário revelou que, antes mesmo de homologar a inscrição da chapa para disputar a eleição, encaminhou acertos, um deles com o São Caetano para as categorias de base do Tubarão. Segundo ele, a vice-presidente da chapa deve ser Socorro Prado, sogra do atual presidente do clube paulista.

O Conselho Deliberativo do Parnahyba abriu o protocolo de realização das eleições e convocou os sócios para atualizarem dados cadastrais que vão garanti-los no pleito. A escolha do novo presidente é feita de forma indireta: os sócios elegem os membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, que, por sua vez, apontam quem será o novo presidente. O mandato é válido por dois anos.

Por Renan Morais e Tiago Mendes Globo Esporte

José Wilson, do Jornal da Parnaíba, será homenageado na Câmara Municipal


O bancário aposentado e editor do blog Jornal da Parnaíba, um dos mais antigos e de grande acesso da região, José Wilson Albuquerque Santos, será homenageado na Câmara dos Vereadores de Parnaíba com a Medalha do Mérito Legislativo Municipal. A Propositura de N° 394/2019, é de autoria do vereador Carlson Pessoa (Cidadania). A honraria visa reconhecer os relevantes serviços prestados pelo homenageado na área da comunicação parnaibana. José Wilson é natural de Parnaíba, casado e pai de oito filhos.

“Mesmo sendo aposentado e tendo os filhos já bem encaminhados no mercado de trabalho, José Wilson não se limita a zona de conforto. Ele continua trabalhando arduamente na defesa do desenvolvimento de Parnaíba. Ele é um exemplo de cidadão e tem um tremendo zelo por nossa cidade”, declarou Carlson em plenário.



Como profundo conhecedor da história de Parnaíba, com habilidade nata para a escrita e com faro para a notícia, em janeiro de 2009 José Wilson criou o Jornal da Parnaíba com a missão de repercutir os acontecimentos de Parnaíba e municípios circunvizinhos que estão ligados intimamente com o litoral piauiense.

Por possuir um imenso acervo histórico, o Jornal da Parnaíba tem servido também de fonte de pesquisa para estudantes e amantes da história da cidade. “Diariamente o blogueiro tem com responsabilidade e afinco, mantido o público da Planície Litorânea do Piauí atualizado dos principais fatos ocorridos em nossa região, contribuindo significativamente para o desenvolvimento da comunicação piauiense”, ponderou o parlamentar.

Por Luzia Paula

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Briga de estudantes em cidade do litoral piauiense viraliza nas redes sociais

Briga entre estudantes do Colégio Zila Almeida e Jonas Correia brigam durante recreio em Ilha Grande (PI); o vídeo viralizou nas redes sociais.
Estudantes de Ilha Grande, litoral do Piauí, filmaram duas colegas se agredindo, durante o recreio

O vídeo viralizou no WhatsApp na tarde desta terça-feira (5), quando foi gravado. No vídeo, as duas aparecem fardadas, uma das meninas começa a agredir a outra com tapas no rosto e chutes. Durante quase os 26 segundos de filmagem, os colegas assistem à briga e nenhum deles separa a situação.

Jornal da Parnaíba com informações do Litoral Notícias

Encontre o melhor de cama, mesa e banho no Armazém Paraíba

Você deseja requinte, bom gosto e estilo para seu quarto e banheiro? Então dá uma passadinha no Armazém Paraíba que você encontrará as melhores marcas e peças de alta qualidade em cama, mesa e banho. 
 Dividimos suas compras em até 10 vezes no Cartão Paraíba e nos demais cartões!