domingo, 31 de maio de 2020

CORONAVÍRUS: Parnaíba sobe para 473 casos confirmados, 9 óbitos e 211 recuperados


Parnaíba tem 244(duzentos e quarenta e quatro) em isolamento domiciliar, 07(sete) pacientes em tratamento em leito clinico e 2(dois) em UTI.






Acordo prevê no máximo 20 dias para análise de auxílio emergencial

Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Um acordo judicial estabeleceu o prazo máximo de 20 dias corridos para a análise de pedidos de auxílio emergencial em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

O acordo tem validade para todo o país e foi assinado em uma ação civil pública aberta na Justiça Federal de Minas Gerais pela Defensoria Pública da União (DPU), ante diversos relatos de demora na avaliação dos requerimentos. O acordo foi assinado na quinta-feira (28) e divulgado neste sábado (30).

Além da DPU, assinaram o acordo a Advocacia-Geral da União (AGU), o Ministério da Cidadania, a Caixa Econômica Federal e a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev), empresa pública que é a responsável por fazer o cruzamento de dados e prevenir fraudes nos cadastros.

O acordo também prevê que, no caso de aprovação do pedido, a Caixa deve fazer o pagamento em até três dias úteis contados a partir do recebimento dos recursos transferidos pela União.

A DPU orienta que quem se enquadrar nas condições do auxílio, e tiver dificuldades para recebê-lo, pode buscar assistência jurídica gratuita nas unidades estaduais do órgão. Em nota, a AGU disse esperar que o acordo reduza o número de ações judiciais abertas em todo o país relacionadas à demora na análise dos pedidos de auxílio emergencial.

Ontem (29), por exemplo, uma liminar (decisão provisória) da Justiça Federal de Sergipe determinou que os pedidos de auxílio emergencial do estado nordestino sejam apreciados em, no máximo, cinco dias úteis. A providência havia sido requerida em ação civil pública aberta pela DPU, pelo Ministério Público Federal (MPF) e pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

A liminar de Sergipe determinou ainda que a União não exclua e nem retenha a análise de requerimentos do auxílio a familiares de pessoas presas. Os pedidos do tipo que se encontrem retidos devem ser liberados em 48 horas, diz a determinação judicial.

Em razão dos impactos econômicos da pandemia de covid-19, o auxílio emergencial, composto por três parcelas de R$ 600, está sendo pago a trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos, desempregados, integrantes do Bolsa Família e pessoas de baixa renda. De acordo com a Caixa, 57,9 milhões de pessoas já receberam o benefício.

Fonte: R7

sábado, 30 de maio de 2020

Governo detalha perfil dos casos de covid-19: maioria das crianças se recupera


O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira, 29, o perfil detalhado dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) provocados pelo novo coronavírus em crianças, adolescentes e gestantes. A maior parte evoluiu para a cura.

Os dados são referentes ao período de 16 de fevereiro a 23 de maio, época em que houve o total de 52,3 mil internações por SRAG causada pela covid-19 no País.

Das 916 crianças e adolescentes com a síndrome, 10,8% morreram. Crianças de zero até 12 anos incompletos representam 72,3% (662) dos casos diagnosticados e, destas, 62 morreram. Já adolescentes de 12 anos até 18 anos somam 27,7% (254) dos registros e contam 37 óbitos.

Todos os Estados tiveram caso de SRAG entre pessoas de zero a 18 anos, mas os registros mais altos foram em São Paulo com 40,7% (373), Rio de Janeiro com 11,5% (105) e Pernambuco com 10,8% (99). Juntos, esses Estados representam 63% dos casos de todo País.

No que diz respeito a condições pré-existentes nas crianças e adolescentes que tiveram a síndrome respiratória pela covid, 400 (43,7%) casos apresentaram alguma comorbidade. As mais frequentes nas crianças foram as neurológicas (17,8%), e asma (21,5%) nos adolescentes.

Idade e sexo
A incidência da doença foi mais frequente entre crianças e adolescentes que se declaram pardos. Foram 245 (52,1%) entre as crianças e 98 (55%) nos adolescentes.

No grupo das crianças, a maior frequência de casos de SRAG ocorreu entre os meninos, com 55,9% (370) casos. Já no grupo dos adolescentes, o sexo feminino foi o mais frequente, com 55,9% (142) casos.

Gestantes
O Ministério da Saúde também divulgou dados referentes às gestantes que tiveram a SRAG. Do total de 484 grávidas com a síndrome causada pela covid-19, 7,4% (36) morreram.

As mortes se concentraram nas gestantes que tinham entre 30 e 39 anos de idade; foram 18 óbitos. E a menor incidência foi nas adolescentes de 12 a 19 anos, com uma morte.

A maior parte das mortes aconteceu no terceiro trimestre da gestação, com 22 casos.

O secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, também apresentou os dados de hospitalização por síndrome respiratória aguda grave no Brasil. Dados atualizados às 10h desta sexta-feira mostram que, neste ano, houve 192,8 mil internações, das quais 65,7 mil foram por covid-19.

Do total de hospitalizações, 41,6 mil evoluíram para óbito, dos quais 22,5 mil foram por causa do novo coronavírus. Nos últimos três dias, 202 pessoas morreram devido à covid-19, e o dia com maior número de registros de mortes pela doença foi 5 de maio, com 608 óbitos em um único dia.


Fonte: Estadão Conteúdo

Igreja Adventista fará live beneficente neste domingo (31) para arrecadação de alimentos

A Igreja Adventista Do Sétimo Dia do Bairro Piauí, juntamente com a ADRA Parnaíba, estará neste próximo domingo dia 31 de maio, às 16:00, em nosso canal do YouTube: (https://youtu.be/BlJJRsIO2EY) organizando uma live beneficente. As doações arrecadadas ajudarão muitas famílias em estado de vulnerabilidade dos bairros mais carentes de Parnaíba. Será disponibilizado um código on-line onde o internauta poderá fazer sua contribuição.
A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) é uma agência humanitária que surgiu com o propósito de arrecadar mantimentos, roupas e remédios para os flagelados de guerras, desastres naturais e outras catástrofes. 

Na situação em que o mundo se encontra, devido a pandemia do COVID-19, muitos parnaibanos estão em situação de vulnerabilidade e precisam de ajuda para enfrentar a pandemia. Na pobreza tudo é mais difícil. A gente não pode sair de casa, mas a nossa solidariedade pode. E nós da ADRA Parnaíba, não poderíamos ficar de braços cruzados. Ajude-nos a ajudar aos que mais precisam. Contamos com você.

Presença especial dos cantores
- Nadson Portugal
- Josué Soledade
- Harmony Trio
- Wellington Soares
- Aninha Araújo
- Juliana Sousa
- Hellen Torres

Link do YouTube: 
https://youtu.be/BlJJRsIO2EY

#adraparnaiba #fiqueemcasaecantecomigo

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Governador descarta liberar grupo de risco e empresas seguirão protocolo


O governador Wellington Dias (PT) descartou nesta quarta-feira (27) liberar pessoas do grupo de risco do isolamento social. O gestor se reuniu com o Comitê de Operações Emergenciais (COE) para discutir a retomada das atividades econômicas de forma gradual. As empresas terão que seguir um protocolo de saúde.

Segundo o governador, a volta das atividades deve ser gradual, segmentada e regionalizada por territórios de desenvolvimento do estado. Um dos critérios seria o risco epidemiológico.

“O que não vamos fazer é liberar as pessoas do grupo de risco, ou seja, as pessoas com mais de 60 anos e as com comorbidades. As empresas que forem reabrir precisam seguir um protocolo de saúde”, ressaltou o governador.

Segundo ele, será analisada a situação dos protocolos de saúde de cada território e a situação econômica. “Começaremos a estudar uma organização em cada território do estado para saber, por exemplo, quantos leitos clínicos e de UTI cada território possui, bem como o nível de infecção para, assim, se fazer uma avaliação de uma retomada ou até retraída, caso essa retomada faça com que os casos aumentem”, explicou.
Alguns critérios serão considerados na tomada de decisão acerca da retomada das atividades, sendo o índice econômico representando 30% no peso dessa tomada de decisão e 70% como índice epidemiológico.
A diretora de Vigilância Sanitária Estadual (Divisa), Tatiana Chaves, apresentou um Plano de Contenção Simplificado que será disponibilizado às empresas de diversos setores para a reabertura. Será um protocolo com recomendações higiênico-sanitárias a ser cumprido pelas empresas, a fim de proteger tanto os colaboradores quanto os clientes. Esse plano é voltado às empresas com menos de 20 colaboradores, que não possuem Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa).

As empresas que possuem mais de 20 trabalhadores já têm como critério possuir Cipa que deve estar alinhada aos instrumentos de Saúde do Trabalhador e agora devem incluir os riscos ocupacionais da Covid-19 no ambiente de trabalho.

“O objetivo é minimizar a exposição dos trabalhadores no ambiente laboral ao retornar às atividades e, assim a propagação dos casos para a população geral. Recomendamos que os colaboradores sejam orientados pela empresa dos riscos e todos os cuidados necessários e deverão se cadastrar no aplicativo Monitora Covid-19”, afirmou a diretora da Divisa, Tatiana Chaves.

Os protocolos também devem ser estendidos aos servidores dos órgãos públicos estaduais, já em fase de apreciação pela Secretaria de Estado da Administração e Previdência (Seadprev). Os documentos serão ainda disponibilizados para consulta pública.

Fonte: Cidadeverde

Em ato no Centro de Teresina, empresários cobram protocolo de reabertura gradual do comércio


Um ato em frente a Prefeitura de Teresina reuniu profissionais de diversos setores produtivos para reivindicar a reabertura das atividades econômicas na manhã desta quinta-feira (28). Os manifestantes cobram do município e do governo do Estado a apresentação de um protocolo de abertura econômica.

Presidente da Fecomercio-PI e vice presidente CNC Dr. Valdeci Cavalcante

O presidente do Centro das Indústrias do Estado do Piauí, Andrade Júnior, afirmou que prefeitura e governo do estado estão perdidos. Segundo ele, várias conversas foram realizadas e até agora nenhum protocolo foi apresentado.

"Prefeitura e governo estão perdidos. Até o momento eles não possuem nenhum plano de trabalho. O país vinha em uma crescente de geração de emprego. Em dois meses foi tudo por água a baixo. Eles estão perdidos. Dos três hospitais de campanha anunciados, apenas um funciona e não tem condições de atender os pacientes mais graves de covid-19. As empresas estão fechando. Algumas sem a menor condição de reabrirem. Agora é o momento de voltar, mas isso tem que ser feita de forma gradual e responsável. O que nos deixa preocupados é a falta de um plano objetivo que a indústria e o setor produtivo possam se pautar", disse.
Andrade Júnior afirma que é possível retornar as atividades com segurança. Ele garante que várias propostas já foram apresentadas, sem resposta.

"É claro que quando falamos em voltar é de forma responsável. Para proteger nosso trabalhador, o cliente e os empresários que estão nas ruas. Mas para isso é preciso definir esse protocolo com as medidas de segurança", destacou.

O ex-presidente da Construção Civil do Piauí, André Baia, ressalta que o governo do estado e a prefeitura cometeram erros nas áreas da saúde e economia. Ele destacou que haverá demissões em massa no setor.
"Eles erram na saúde porque tinha que adotar o protocolo da Espanha. Quando as pessoas chegasse, ela deveria receber a medicação no início da doença. Na economia fizeram um isolamento social sem programação. Fizeram sem a previsão de um protocolo de retorno. O que vai acontecer na construção civil e demissões em massa. Os empresários estão se segurando. Mas não tem mais como e as demissões irão ocorrer", disse.

O presidente da Federação do Comércio do Piauí, Valdeci Cavalcante, afirmou que a situação é grave. Ele afirma que os empresários são humilhados e impedidos de trabalhar.

"Estamos aqui nos humilhando, mas é o jeito. A prefeitura e o estado não se prepararam. Estamos em 70 dias em isolamento criminoso. Contribuímos com o poder público e o prefeito e o governador dizem que ainda não estão preparados. O que eles fizeram nesses meses?", questionou.
Franclilane Pierote, que representa o setor de eventos na manifestação, afirma que o setor é o mais prejudicado. Segundo ela, o risco é que a demora na apresentação do protocolo leve o setor a funcionar apenas em 2021.

“Tetamos realmente obedecer as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS) para que pudéssemos exercer o papel de cuidado com as pessoas. A questão é que as nossas condições foram perdidas. Estamos há mais de 70 dias sem trabalhar. A nossa classe de empresários sofre na pele. O nosso setor foi o primeiro a fechar e será o último a abrir. Se esse protocolo não for apresentado logo, corremos o risco de só abrir ano que vem”, destacou.

Os manifestantes seguiram a pé ao Palácio de Karnak. Eles pediam para serem ouvidos pelo governador Wellington Dias (PT), mas sem resposta, jogaram bandeiras e cartazes dentro do palácio do governo.

Flash Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Delivery PHB: Arrumadinho da Luh


W. Dias(PT) responde a Valdeci Cavalcante: "fora da lei será combatido na forma da lei"


Em entrevista concedida ao GP1, na manhã desta quarta-feira (27), o governador Wellington Dias (PT-PI), se pronunciou sobre a decisão da Federação do Comércio do Estado do Piauí (Fecomércio), através de seu presidente Valdeci Cavalcante, de retomar algumas atividades econômicas, consideradas não essenciais, mesmo com o decreto em vigor que impõe o isolamento social como forma de conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

Wellington advertiu que toda e qualquer decisão que for tomada em desobediência à lei será combatida legalmente. Ele informou ainda que tem dialogado com o setor e que o acerto é para apresentação de um protocolo com sugestões para retomada das atividades econômicas.

“O setor do comércio que tem dialogado com o Estado, disse que vai apresentar proposta de protocolo e receberemos de bom grado. Fora da lei será combatido na forma da Lei”, avisou o governador.

Entenda o caso

O presidente do Fecomércio, o advogado Valdeci Cavalcante, em entrevista ao GP1 na tarde dessa terça-feira (26), disse que iria retomar imediatamente as obras de construção civil do Sesc/Senac e que lojas dos bairros de Teresina vão reabrir nos próximos dias, mesmo vigorando os decretos de isolamento social por conta da pandemia de coronavírus (covid-19).

O advogado ressaltou que esse é um ato desesperado dos setores, que lutam para sobreviver em meio à crise econômica. A decisão foi tomada em reunião com diversos setores empresariais, realizada no auditório da Fecomércio na manhã de ontem.

“Alguns [setores] decidiram pela abertura, alguns vão abrir, por exemplo, o Sesc e Senac têm cerca de oito obras paradas no Piauí e nós vamos retomar todas, já mandei retomar e já estamos nos preparativos, porque a Construção Civil tem um decreto federal que se sobrepõe ao decreto estadual e municipal, o presidente Bolsonaro, com base legal editou o decreto, dizendo que Construção Civil é atividade essencial”, declarou Valdeci.

Os proprietários de lojas nos bairros de Teresina também vão reabrir, segundo o vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC).

“Muitos pequenos, nos bairros [vão reabrir], porque no Centro ninguém está indo, então abrir lá pra quê? Nos bairros as pessoas decidiram que vão retomar suas atividades corajosamente”, colocou Valdeci.

Fonte: GP 1

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Polícia Militar apreende cocaína e prende trio acusado de tráfico em Parnaíba


Por volta das 10:30 desta segunda-feira (25), uma guarnição da Polícia Militar comandada pelo sargento Farlon Machado realizava rondas pela cidade, quando suspeitou de uma jovem em uma moto Pop vermelha, próximo a uma antiga casa de show no bairro Piauí em Parnaíba.

Quando os militares se aproximaram, e abordaram a mulher, foi feita uma revista na bolsa e os policiais encontraram uma sacola preta com uma porção análoga a cocaína. A jovem confessou ser a dona do entorpecente e que estava ali esperando um homem que teria comprado à droga.

Conforme a PM, após uma conversa a jovem identificada como Isamara Alves Pereira de 20 anos levou os militares até uma casa localizada na Avenida José de Moraes correia no bairro Santa Luzia e lá foi encontrado duas balanças de precisão, uma faca além de duas pessoas. Ao todo foram apreendidas 217 gramas de cocaína. Os três envolvidos foram levados para a Central de Flagrantes para que os procedimentos cabíveis fossem tomados.

Inscreva-se na 2° Turma do “Programa Viva Melhor Na Medida Certa”

Atenção amantes de um estilo de vida saudável. Chegou a Teresina e ao Piauí o “Programa Viva Melhor Na Medida Certa”, desenvolvido para proporcionar as pessoas qualidade de vida, reeducação alimentar e orientação nutricional neste momento de isolamento social, entre outras orientações. O programa conta com uma equipe preparada para você a atingir seus objetivos como perda de peso, ganho de massa muscular, recuperação ou manutenção da saúde. 

Trata-se de um programa de orientação nutricional com treinos, orientações e cardápios personalizados onde os alunos serão orientados como praticar treinos em casa e se alimentar corretamente. Este é um programa inovador de reeducação alimentar para a vida, treinos curtos e eficientes, flexibilidade na dieta e custo acessível.

O projeto acontece por meio de turmas on-line, sendo que a primeira já teve início e a Turma 2 começará no dia 15 de junho. Então aproveite e faça já sua inscrição, pois as vagas limitadas são limitadas.

Inscrições:
As inscrições podem ser feitas por meio da página no projeto no Instagram: https://www.instagram.com/programavivamelhor_the/ ou através dos perfis: https://www.instagram.com/elisangelasilva_nutri/ e https://www.instagram.com/treinador_emersonol/

Conheça a equipe:
Elisângela Silva: Nutricionista, pós-graduada em Nutrição Clínica e Estética e pós-graduanda em Fitoterapia Aplicada a Estética.

Emerson Oliveira: Educador físico e personal trainer

Lojas do Armazém Paraíba estão abertas parcialmente para recebimentos de parcelas

O Armazém Paraíba está com todas suas lojas abertas, inclusive do centro de Parnaíba, somente para pagamentos; obedecendo as recomendações das autoridades de saúde, com colaboradores e clientes usando máscaras, álcool em gel na entrada, higienização do ambiente e monitoramento do distanciamento entre pessoas.

No lado externo das lojas os clientes contam ainda com uma pia com água corrente, sabão líquido e papel toalha para higienização das mãos.

PIAUÍ: Mais de 70 enfermeiros estão com covid-19 no Piauí, diz Conselho

(Imagem: Divulgação)
Dados do Observatório da Enfermagem, do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), deste sábado (23), apontam que o Estado do Piauí possui 75 profissionais contaminados pelo novo coronavírus (covid-19).

São 75 profissionais entre os casos confirmados que estão isolados, enquanto existem outros 50 profissionais com suspeita de covid-19 e também estão em quarentena. No Estado, não foi registrado nenhum óbito de profissional de enfermagem.
No Nordeste, a Bahia possui a maior quantidade de profissionais contaminados, já são 650, enquanto o Pernambuco possui 311, Ceará 208 e o Maranhão 95. Já Alagoas registra a menor quantidade, com 28 casos.


Em todo o Brasil, são 4.617 enfermeiros contaminados, sendo que o Rio de Janeiro possui a maior quantidade de casos, com 1.161 mil infectados, seguido pelo Estado de São Paulo com 875 casos.

Covid-19: Parnaíba sobe para 253 casos confirmados 5 óbitos e 93 recuperados

Monitoramento Covid-19 / Parnaíba (24/05)


Parnaíba tem com 7 pacientes em tratamento em leitos de enfermaria e dois em UTI.








quarta-feira, 20 de maio de 2020

Armazém Paraíba alerta para fraudes. Lojas abertas para pagamento de prestações



Paraíba instala pias na entrada das lojas: atendimento exclusivo para o recebimento de prestações

Ao chegarem nas lojas do Armazém Paraíba, além do álcool gel, clientes também têm à disposição pia com água corrente, sabão líquido e papel toalha

Desde da última quarta-feira (13), todas as lojas do Armazém Paraíba em Parnaíba, no litoral do Piauí, passaram a abrir parcialmente para o recebimento de prestações. Por enquanto, o setor de vendas permanece suspenso. As atividades retornarão assim que o Estado liberar a reabertura do comércio.
Funcionárias do setor de recebimento de prestações: todas trabalhando com EPIs
A empresa adotou a reabertura parcial seguindo todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), com a adoção de medidas sanitárias como uso de máscara, distanciamento social, disponibilização de álcool em gel e, para proporcionar mais segurança aos clientes e colaboradores, foram instaladas pias com água corrente, sabão líquido e papel toalha na entrada de todas as lojas.
Colaboradores dos serviços gerais se encarregam de manter o ambiente
sempre limpo, como piso e balcões 
Conforme explica o gerente regional do Grupo, De Paula, o Armazém Paraíba está executando todas as medidas de segurança orientadas pelas entidades sanitárias visando a segurança e bem-estar de todos. Inclusive, nos ambientes interno e externo das lojas funcionários orientam os clientes a manterem o devido distanciamento entre as pessoas.
Funcionários distribuídos pelos ambientes interno e eterno da loja ficam à
disposição do público para orientações e possíveis dúvidas

Por enquanto atendimento nos departamentos de vendas permanecem suspensos.

Senado aprova o adiamento das provas do Enem

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (19) o adiamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) devido a pandemia do novo coronavírus.

A proposta foi apresentada pela senadora Daniella Ribeiro (PP-PB) e seguirá para a Câmara e poderá sofrer alterações.
No texto do PL (Projeto de Lei) 1.277/2020, a senadora pede a prorrogação automática de prazos para provas, exames e demais atividades para acesso ao ensino superior sempre que houver reconhecimento de estado de calamidade pelo Congresso Nacional ou de comprometimento do funcionamento regular das instituições de ensino do País.

Pelo calendário atual, os estudantes têm até sexta-feira (22) para fazer a inscrição para as provas. O Enem tradicional em papel seria aplicado nos dias 1º e 8 de novembro e as provas digitais nos dias 22 e 29 do mesmo mês.

Edição:Blog do Pessoa com informação R7.com

terça-feira, 19 de maio de 2020

URGENTE - Ex-governador Zé Filho testa positivo para coronavírus e está internado em Teresina

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi), Zé Filho, positivou para coronavírus (Covid-19).

Zé Filho está internado no Hospital da Unimed, apresenta um quadro de saúde estável e permanecerá seguindo os protocolos indicados.

segunda-feira, 18 de maio de 2020

Dois homens desaparecem no Rio Parnaíba durante o final de semana

Rio Parnaíba, em Teresina — Foto: Beatriz Rocha
Dois homens desapareceram nas águas do Rio Parnaíba durante o final de semana, em Teresina. Um deles foi encontrado morto por afogamento na manhã desta segunda-feira (18). Os bombeiros retomaram as busca nesta manhã para localizar a segunda vítima.

Estefânio Sousa Silva foi encontrado morto nas margens do Rio Parnaíba, na manhã desta segunda-feira (18), no bairro São Joaquim, na Zona Norte de Teresina.

O corpo de Estefânio foi retirado do rio por uma equipe do Corpo de Bombeiros. Segundo os Bombeiros, Estefânio havia desaparecido há dois dias. Um perícia preliminar indica que ele foi vítima de afogamento.

Buscas continuam
Outro homem, que não foi identificado, desapareceu nas águas do Rio Parnaíba durante a tarde de domingo (17). De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas viram o homem ser levado pela correnteza do rio na altura do povoado Santa Helena, na zona rural Norte de Teresina.

Desde a tarde de domingo os bombeiros fazem buscas no local onde o homem foi visto pela última vez. As buscas foram reiniciadas na manhã desta segunda-feira (18).

G1 PI

Pagamento do auxílio para beneficiários do Bolsa Família começa hoje (18)



Começam a ser pagos nesta segunda-feira (18), os beneficiários da 2ª etapa do auxílio-emergencial no Bolsa Família, de acordo com o número final do Número de Identificação Social (NIS). Os pagamentos nesta modalidade ocorrem até dia 29 deste mês.
O Governo Federal publicou no Diário Oficial da União o calendário da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600. As datas são divididas em duas partes: a primeira, para disponibilização do valor em formato digital; a segunda, para saques escalonados.

De acordo com o texto publicado na sexta-feira (15), os calendários da segunda parcela valem para as pessoas que receberam a primeira parcela do auxílio até o dia 30 de abril.
O crédito será depositado em poupança social digital aberta em seu nome, assim como foi feito na primeira operação. A ajuda financeira do Governo Federal foi adotada devido a crise causada pela pandemia de Covid-19.

Calendário auxílio-emergencial para beneficiários do Bolsa Família
O calendário de saques dos valores do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família será diferenciado.

A diferenciação das datas será realizada de acordo com o número final do NIS (Número de Identificação Social).
18 de maio (segunda-feira) - NIS 1
19 de maio (terça-feira) - NIS 2
20 de maio (quarta-feira) - NIS 3
21 de maio (quinta-feira) - NIS 4
22 de maio (sexta-feira) - NIS 5
25 de maio (segunda-feira) - NIS 6
26 de maio (terça-feira) - NIS 7
27 de maio (quarta-feira) - NIS 8
28 de maio (quinta-feira) - NIS 9
29 de maio (sexta-feira) - NIS 0

Auxílio-emergencial de R$ 600 em poupança
20 de maio (quarta-feira) - para pessoas nascidas entre janeiro e fevereiro
21 de maio (quinta-feira) - para pessoas nascidas entre março e abril
22 de maio (sexta-feira) - para pessoas nascidas entre maio e junho
23 de maio (sábado) - para pessoas nascidas entre julho e agosto
25 de maio (segunda-feira) - para pessoas nascidas entre setembro e outubro
26 de maio (terça-feira) - para pessoas nascidas entre novembro e dezembro

Saques do auxílio-emergencial de R$ 600
30 de maio (sábado) - para pessoas nascidas em janeiro
01º de junho (segunda-feira) - para pessoas nascidas em fevereiro
2 de junho (terça-feira) - para pessoas nascidas em março
3 de junho (quarta-feira) - para pessoas nascidas em abril
4 de junho (quinta-feira) - para pessoas nascidas em maio
5 de junho (sexta-feira) - para pessoas nascidas em junho
6 de junho (sábado) - para pessoas nascidas em julho
8 de junho (segunda-feira) - para pessoas nascidas em agosto
9 de junho (terça-feira) - para pessoas nascidas em setembro
10 de junho (quarta-feira) - para pessoas nascidas em outubro
12 de junho (sexta-feira) - para pessoas nascidas em novembro
13 de junho (sábado) - para pessoas nascidas em dezembro

PM confirma que 15 policiais testaram positivo para covid-19



A Polícia Militar do Piauí confirmou ao GP1, na tarde deste sábado (16), que 15 policiais militares lotados em Teresina e no interior do estado já testaram positivo para a covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

Segundo a instituição, assim que os policiais apresentaram os primeiros sintomas foram afastados de suas atividades. Dos 15 PMs infectados, um já conseguiu se recuperar e voltou a exercer as suas funções normalmente.

O órgão informou também que os pacientes estão sendo acompanhados pela equipe do Hospital da Polícia Militar (HPM) e que todos os protocolos da Organização Mundial da Saúde estão sendo utilizados pela corporação.

Confira a nota na íntegra
Nota à Imprensa

A Polícia Militar do Estado do Piauí trabalha seguindo todos os protocolos da Organização Mundial de Saúde desde o início da Pandemia do covid-19 e presta as seguintes informações:

1 - Que foram afastados 15 (quinze) policiais militares, por testarem positivo para covi-19, na Capital e Interior do Estado;

2 - Que 01(um) Policial Militar está recuperado e exercendo suas atividades;

3. Que todos os casos estão sendo acompanhados pela Diretoria de Saúde da PMPI, através do Hospital (HPM).

Teresina, 15 de maio de 2020.

Elza Rodrigues Ferreira - Ten Cel PM Diretora de Comunicação Social

quinta-feira, 14 de maio de 2020

Combinação de hidroxicloroquina e zinco pode ser eficaz contra o coronavírus, indica estudo

Um novo estudo mostrou que adicionar um suplemento de sulfato de zinco à combinação de hidroxicloroquina e azitromicina no tratamento de pacientes com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, pode ser uma opção eficaz. De acordo com os autores, da Universidade de Nova York, essa é a primeira vez que as duas combinações – zinco, azitromicina e hidroxicloroquina contra apenas azitromicina e hidroxicloroquina – são comparadas. A pesquisa é preliminar e ainda precisa passar por revisão da comunidade científica.

Depois que Nova York se tornou o epicentro da pandemia nos Estados Unidos, os hospitais da região passaram a adotar o uso de terapias ainda em fase de teste nos pacientes com a doença, incluindo o uso de hidroxicloroquina e azitromicina. Após experimentos em laboratório indicarem uma eficácia do zinco na inibição da transcrição do RNA do Sars-Cov-2 de um efeito mais robusto quando combinado com a cloroquina ou hidroxicloroquina, alguns médicos de Nova York decidiram adicionar o zinco à combinação já utilizada de hidroxicloroquina e azitromicina em pacientes internados com Covid-19.

Os pesquisadores da Escola de Medicina Grossman, da Universidade de Nova York, decidiram então revisar os registros de pacientes tratados com a combinação tripla e a combinação dupla e comparar os resultados. Os prontuários de aproximadamente 900 pessoas infectadas foram analisados. Metade foi submetida ao tratamento de hidroxicloroquina, azitromicina e sulfato de zinco e a outra metade recebeu apenas hidroxicloroquina e azitromicina.

Continua após a publicidade
Os resultados mostraram que o uso da combinação tripla diminuiu a necessidade de ventilação mecânica, admissão na UTI e mortalidade ou transferência para cuidados paliativos. Também foi observado que esses pacientes tiveram uma probabilidade 1,5 vezes maior de receber alta e uma redução de 44% no risco de morte, em comparação com aqueles submetido à combinação dupla dos medicamentos.

Por outro lado, fatores como o tempo médio de permanência no hospital (seis dias), o período no respirador (cinco dias) e a quantidade total de oxigênio necessária não foram alterados. Vale ressaltar que este é um estudo observacional retrospectivo e, portanto, não um ensaio clínico que busca comprovar a eficácia da intervenção. A pesquisa foi publicada em um site médico de pré-impressão na segunda-feira, 11, e ainda precisa ser revisada por pares.

“O próximo passo lógico seria fazer um estudo prospectivo para verificar se isso é válido para as pessoas às quais você está aplicando zinco e, então, procurar e comparar”, disse Joseph Rahimian, especialista em doenças infecciosas e principal pesquisador, à Agência France-Presse.

A combinação de zinco com hidroxicloroquina está sendo testada em um estudo clínico randomizado como forma de prevenir a infecção pelo novo coronavírus.

Fonte: Veja.com

DECRETO W,DIAS - Saiba o que vai abrir e fechar no Piauí


O governador Wellington Dias assinou nesta quinta-feira (14) novo decreto que regulamenta medidas mais restritivas de isolamento social. O objetivo é conter a propagação da doença e evitar o colapso do sistema de saúde do estado. Confira abaixo o funcionamento das novas medidas.

A partir desta sexta-feira (15) de maio até as 23h59 horas do dia 16 de maio, poderão funcionar somente as seguintes atividades e estabelecimentos essenciais:

- farmácias e drogarias;
- serviços de saúde;
- supermercados;
- panificadoras e padarias;
- postos de combustíveis;
- borracharias;
- serviços de delivery;
- serviços de segurança e vigilância;
- serviços de telecomunicação, radiodifusão e imprensa;
- serviços bancários exclusivamente para pagamento de auxilio emergencial e benefícios sociais e para autoatendimento.

No domingo, 17 de maio, somente as seguintes atividades e estabelecimentos essenciais poderão funcionar:

- farmácias, drogarias, serviços de saúde, imprensa, serviços de segurança e vigilância, serviços de delivery exclusivamente para alimentação e serviços de autoatendimento bancário;
- borracharias, postos de combustíveis e pontos de alimentação localizados às margens de rodovias.

É importante destacar que os pontos de alimentação localizados às margens das rodovias deverão atender exclusivamente motoristas em trânsito, e só funcionarão se devidamente autorizados pelo município.

O que não pode funcionar

Estão suspensos, a partir de sexta-feira, 15 de maio de 2020, os serviços de transporte intermunicipal de passageiros na modalidade rodoviário, classificados como Serviço: Convencional; Alternativo; Semi-Urbano; e Fretado. Esta suspensão terá vigência até o domingo, 17 de maio de 2020.

O descumprimento desta suspensão sujeitará o infrator à penalidade de retenção do veículo, sem prejuízo da aplicação de multa ou de outra sanção cabível, conforme art. 77, incisos I e VI, da Lei nº 5.860, de 2009. A retenção será feita de imediato, e o veículo ficará retido em local indicado pelo órgão ou agente responsável pela fiscalização, pelo período que durar a suspensão.

Já o serviço de transporte fretado de pacientes para realização de serviços de saúde está ressalvado da suspensão determinada pelo decreto.

De acordo com a determinação governamental, nenhuma atividade ou estabelecimento poderá funcionar desrespeitando as medidas sanitárias de combate à covid-19. Os serviços públicos para atendimentos emergenciais poderão funcionar.

FiscalizaçõesA fiscalização das medidas determinadas neste decreto será exercida pela vigilância sanitária estadual, em articulação com os serviços de vigilância sanitária federal e municipais, e com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil. Os órgãos envolvidos na fiscalização das medidas sanitárias deverão solicitar a colaboração da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Guarda Municipal de Teresina.

O decreto intensifica as medidas para feriado alusivo ao Dia do Piauí antecipado para esta sexta-feira (15) e estabelece que órgãos e entidades da administração pública estadual deverão reforçar a campanha Fique em Casa, conscientizando sobre a importância de manter o isolamento social.

As equipes da Secretaria de Estado da Segurança e da Vigilância Sanitária ficam autorizadas a realizar, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal e outros órgãos de segurança irão reforçar a fiscalização em relação às seguintes proibições: aglomeração de pessoas ou consumo de bebidas em locais públicos e direção sob efeito de bebida alcoólica.

De acordo com o governador Wellington Dias, essas são medidas recomendadas pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), em casos críticos de avanço da doença e de ocupação de leitos de UTI, para garantir pelo menos 60% da população em isolamento social. “Antecipamos um feriado e tomamos medidas mais rígidas de isolamento, tudo para que mais pessoas fiquem em casa e assim a gente possa frear a propagação da Covid-19”, explicou o governador.

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Paraíba instala pias na entrada das lojas: atendimento exclusivo para o recebimento de prestações

Ao chegarem nas lojas do Armazém Paraíba, além do álcool gel, clientes também têm à disposição pia com água corrente, sabão líquido e papel toalha
Desde a manhã desta quarta-feira (13), todas as lojas do Armazém Paraíba em Parnaíba, no litoral do Piauí, passaram a abrir parcialmente para o recebimento de prestações. Por enquanto, o setor de vendas permanece suspenso. As atividades retornarão assim que o Estado liberar a reabertura do comércio.
Funcionárias do setor de recebimento de prestações: todas trabalhando com EPIs
A empresa adotou a reabertura parcial seguindo todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), com a adoção de medidas sanitárias como uso de máscara, distanciamento social, disponibilização de álcool em gel e, para proporcionar mais segurança aos clientes e colaboradores, foram instaladas pias com água corrente, sabão líquido e papel toalha na entrada de todas as lojas.
Colaboradores dos serviços gerais se encarregam de manter o ambiente
sempre limpo, como piso e balcões 
Conforme explica o gerente regional do Grupo, De Paula, o Armazém Paraíba está executando todas as medidas de segurança orientadas pelas entidades sanitárias visando a segurança e bem-estar de todos. Inclusive, nos ambientes interno e externo das lojas funcionários orientam os clientes a manterem o devido distanciamento entre as pessoas.

Funcionários distribuídos pelos ambientes interno e eterno da loja ficam
à disposição do público para orientações e possíveis dúvidas


Por enquanto atendimento nos departamentos de vendas permanecem suspensos